Sobre Seu Livro de Vida e Sobre Seu Risco do Bordado

Seu Livro de Vida

Compêndio sobre Astrologia da Alma e do Auto-Conhecimento,
Em 22 Capítulos/Volumes
© 2008 Janine Milward


Sobre Seu Livro de Vida
e sobre O Risco do Bordado,
o mapa astral natal,
e sobre os demais mapas coadjuvantes:

Seu Livro de Vida é uma criação minha, Janine Milward, realizada a partir do momento em que passei a fazer por escrito a leitura e interpretação do mapa astral natal e seus coadjuvantes encomendados por meus clientes. Certamente, sempre o conjuntos dos Temas introduzidos em Seu Livro de Vida já vinham fazendo parte do meu trabalho oral e em gravação, seja diante do meu cliente em consultoria ao vivo e em cores, ou seja distanciado do meu cliente, em trabalho enviado pelo correio.

No entanto, eu pude perceber que o trabalho escrito continha muito mais informação e de forma bem mais detalhada, eu diria, diferente um tanto dos trabalhos orais e em gravações, que se apresentam de forma mais sintetizada, realmente - mesmo que acabem tomando cerca de 90 minutos ou quase duas horas de comentários meus!

O termo O Risco do Bordado também chegou até a minha mente mais recentemente - talvez porque eu esteja sempre com algum trabalhinho de mão sendo feito, em crochet, tricot, bordado, tear, etc.

A verdade é que penso que O Risco do Bordado é um termo excelente no sentido de representar apenas um Risco, um desenho realizado pela Alma do Caminhante, sempre junto ao Tao da Criação, de forma que vá conter em si um Baile de Arquétipos realizado de tal forma que venha a contar as histórias de um pequeno conjunto de vivências sucessivas e anteriores (encarnações) que estarão diante da oportunidade de terem uma série de questões relacionadas a Karmas e Samskaras, ações e reações em potencial, acumulados e para serem resgatados nesta vida de aqui-e-agora, nesta encarnação atual, de acordo com o Dharma do Caminhante, sua forma essencial de ser e de agir através seu Livre-Arbítrio.

O Risco do Bordado é, portanto, o termo que uso para bem definir o mapa astral natal, a Mandala Astrológica que vai conter em si a fotografia do céu no momento do nascimento do Caminhante, no momento do evento, em função da Latitude e Longitude onde o fato acontece no Planeta Terra.

Em sendo um Risco, um desenho, será a tarefa maior de vida do Caminhante sua atuação no sentido de realmente ir bordando este Risco, este desenho impresso por sua Alma, junto ao Tao da Criação, no sentido de ir vivenciando sua encarnação e ir desenvolvendo sua mente e atuando suas missões de vida e ir, da mesma forma, tecendo o Risco do Bordado, o desenho que fala do Baile dos Arquétipos, de vivências sucessivas futuras, de encarnações ainda a virem-a-ser.

Ao longo da vida do Caminhante, este Risco vai sendo bordado e rebordado muitas e muitas vezes, sempre com diferentes agulhas e linhas e cores e tramas e urdimentos, digamos assim, tudo isso de acordo com a ampliação da consciência do Amigo das Estrelas, naturalmente.

Portanto, os primeiros Capítulos de Seu Livro de Vida estarão apresentando ao Amigo das Estrelas como é realizada a Mandala Astrológica, seu Risco do Bordado, seu mapa astral natal contendo seu Baile de Arquétipos - Casas Astrológicas, Signos, Luminares, Planetas, Planetóides e Pontos -, tudo aquilo que fala de sua Grande Peça Teatral de Vida com seus Cenários, com seus Textos, com seus Atores e Atrizes principais e coadjuvantes! Também inseridos nestes primeiros Capítulos, o Amigo das Estrelas encontrará Temas como Elementos, Qualidades e Gêneros e Os Aspectos.

Os Capítulos que se seguem, fundamentalmente a partir do Capítulo 7, serão apresentados no sentido de aprofundamento da leitura e interpretação do mapa astral natal a partir da inserção de mais e mais informações e também da confecção de vários outros mapas - que eu denomino de ‘mapas coadjuvantes’. Tudo isso estará apresentando ao Amigo das Estrelas as mil e uma possibilidades que a vida lhe traz para que vá bordando seu Risco do Bordado, ao longo de sua potencial ampliação de consciência, naturalmente, através as eternas mutações que o Tempo e o Espaço lhe trazem, através suas vivências ao longo de seus vários Ciclos de Vida, através o aprofundamento de seu auto-conhecimento ao adentrar mais e mais profundamente em sua Alma, em seus Símbolos e em seus Mitos próprios.

O Primeiro Capítulo e o Penúltimo Capítulo - Capítulos 1 e 21 - trazem ao conhecimento do Amigo das Estrelas tudo aquilo que será estudado detalhadamente através o miolo desta Obra, entre os Capítulos 2 e 20, bem como apresentam Conceitos Fundamentais sobre a Astrologia da Alma e do Auto-Conhecimento - sendo que o Capítulo 1 o faz de forma mais sintetizada enquanto o Capítulo 21 o faz de forma bem mais aprofundada, realmente. São Volumes que contêm um grande número de páginas, realmente, mas eu optei por não sintetizar seus conteúdos e nem por fracioná-los em mais outros dois volumes - de forma que permanecessem em suas íntegras de continuidade de apresentação de Temas.

O Primeiro Capítulo, O Risco do Bordado, e o Último Capítulo, A Estrela de Belém - Capítulos 1 e 22 - trazem, ao final dos mesmos, a Descrição Detalhada de todos os 22 Capítulos/Volumes constantes na obra Seu Livro de Vida, de forma que o Amigo das Estrelas possa acessar esta informação de maneira a ter uma visão ampla de todos os Temas a serem estudados.

O Capítulo 22 não faz parte do meu Curso Amigos das Estrelas e sim é um conjunto de três Capítulos extraídos de um outro livro meu, o Herói Azul - que narra a história de um menino adolescente de doze anos e sua vida junto à sua mãe, no Sítio das Estrelas, e também em contacto com seu amigo invisível, seu guia espiritual, Francisco. Eu decidi por inserir este Capítulo - A Estrela de Belém - pelo fato de ser um Tema que faz a fusão entre a boa espiritualidade, a astronomia e a astrologia e que expressa meu pensamento acerca este assunto sempre tão debatido e discutido porém nem sempre encontrando uma solução mais definitiva! Portanto, este meu Capítulo sobre A Estrela de Belém é minha contribuição para esta questão.

Possivelmente, o Amigo das Estrelas pôde notar, então, que a Editora por mim estruturada para a publicação de meus livros e textos e o Jornal do Caminhante, se chama Estrela do Belém..., enquanto eu optei por inserir o Tema A Estrela de Belém. A explicação é bem simples: o Sítio das Estrelas, lugar onde moro e trabalho, se situa na Estrada do Belém, na provinciana cidade de Mar de Hespanha, nas Minas Geraes! No entanto, o insight que meio veio acerca o Tema de A Estrela de Belém, aconteceu nos anos de miolo da década de noventa... e foi somente mais tarde, alguns poucos anos depois, que este pedaço de chão se apresentou à mim e foi nomeado Sítio das Estrelas, na Estrada do Belém... Mais uma destas sincronicidades - coincidências significativas - que nos acontecem, na vida.

Com um abraço estrelado,
Janine Milward