Sobre os Temas a serem Abordados em SEU LIVRO DE VIDA

Seu Livro de Vida

Compêndio sobre Astrologia da Alma e do Auto-Conhecimento,
Em 22 Capítulos/Volumes
© 2008 Janine Milward


Sobre os Temas a serem abordados
e seus Encadeamentos
ao longo dos 22 Capítulos de Seu Livro de Vida
realizados em seus 22 Volumes

Os Conceitos Fundamentais que servem como estrutura básica de compreensão acerca minha abordagem apresentada ao longo dos vários Temas realizados em Seu Livro de Vida - A Astrologia da Alma e do Auto-Conhecimento - fazem parte do Capítulo 1, O Risco do Bordado. Este Capítulo é, sem dúvida, a chave-mestra para a compreensão do Amigo das Estrelas em termos do que significa Seu Livro de Vida e como este trabalho pode vir a ser tecido aos longos dos 21 Capítulos seguintes, passo a passo - através o exemplo prático apresentado em reprodução, na íntegra, de minha escrita de Seu Livro de Vida para um Caminhante. Ao final deste Capítulo, também o Amigo das Estrelas poderá encontrar a Descrição, em detalhes, sobre todos os assuntos a serem abordados através os 22 Temas/Capítulos/Volumes de Seu Livro de Vida.

O Capítulo 2 apresenta o Amigo das Estrelas aos Céus Estrelados, tornando-o parte de uma meditação ativa em retorno às raízes da vida do homem que começava a olhar de forma mais significativa para o Sol, para a Lua, para as luzes piscantes do céu noturno, para as luzes errantes, bem como trazendo-lhe o aprofundamento de sua compreensão mais consciente acerca temas fundamentais como Sincronicidade, Arquétipo, Linguagem, Mitos e Símbolos; e finalmente, convidando-o a fazer parte de uma conversa acerca Astronomia e Astrologia, suas Semelhanças e suas Diferenças entre estudiosos da Astronomia e Astrologia e Janine.

A partir de então, os Capítulos vão se desenrolando naturalmente, passo a passo, um complementando o outro, sem dúvida alguma, como se fossem elos de uma corrente.

O Capítulo 3 dá início ao tecimento da Mandala Astrológica, acolhendo aquilo que denominamos de As Casas Astrológicas - tradução do céu em relação à Terra -, os Signos que vão servindo de passeio para os Luminares - Sol e Lua - e Planetas e Planetóides e a formação dos Pontos vários. Todas estas questões acabam revelando os conceitos acerca os Elementos, Qualidades e Gêneros bem como os Aspectos que os Arquétipos formam em seu Baile dos Arquétipos constante no Risco do Bordado. Finalmente, tudo isso que, aparentemente, parece-nos estar cristalizado..., tudo isso apresenta sua movimentação: são os chamados Trânsitos. Portanto, entre os Capítulos 3 e 7, o Amigo das Estrelas poderá aprender e apreender vários conceitos a respeito da formação da Mandala Astrológica em si e sua posterior e constante movimentação.

O Capítulo 3, A Mandala Astrológica, estará relembrando alguns conceitos acerca a Sincronicidade e Arquétipos e Símbolos de forma a introduzir a formação da própria Mandala em si e sua composição de gráfico astrológico, ou seja, acolhendo a reprodução do céu do momento, em signos e em luzes celestes. Esta Mandala estará representando as quatro estações do ano bem como os meses incluídos em cada uma dessas estações, através os primórdios da compreensão acerca Signos inseridos nas Casas Astrológicas e acolhendo os Luminares e Planetas e Planetóides - Tema que será aprofundado no Capítulo a seguir, o Capítulo 4.

Os conceitos estudados no Capítulo sobre a Mandala Astrológica, estarão trazendo a estrutura fundamental para o acolhimento das Casas Astrológicas, dos Signos do Zodíaco e dos Luminares - Sol e Lua - e dos Planetas visíveis e invisíveis, além de alguns planetóides e asteróides. Tudo isso estará acontecendo no Capítulo 4, que eu gosto de denominar ‘No Grande Teatro da Vida, Textos, Atores e Atrizes, Cenários’. O Capítulo 4 também apresenta o Amigo das Estrelas aos Planetas, na Astronomia, em alguns detalhes objetivos e científicos, bem como na Mitologia, através a Cosmogonia contando sobre a Criação do Mundo e os Deuses do Olimpo, sob a visão greco/romana dos Mitos.

Uma vez a Mandala Astrológica esteja inteiramente formada e bem apreendida e compreendida, entram em cena Os Elementos, As Qualidades e Os Gêneros - no Capítulo 5 -, que estarão aprofundando o aprendizado sobre o Risco do Bordado e seu conteúdo acolhedor de Casas e Signos e Luminares e Planetas; e Os Aspectos, que acontecem dentro do Baile dos Arquétipos, digamos assim, contidos no Risco do Bordado, no mapa astral, sempre apresentando seus enlaces mais harmoniosos ou menos harmoniosos - no Capítulo 6.

Como o Amigo das Estrelas poder notar, os primeiros 6 Capítulos vêm nos falar sobre o Risco do Bordado em si, o mapa astral original, a Mandala Astrológica como um todo.

O Capítulo 7, sobre os Trânsitos dos Luminares e dos Planetas mais Rápidos e Mais Lentos, começa a trazer a movimentação existente na Criação através a lei da eterna mutação: tudo sob o Tao da Criação se movimenta, se transforma, em eterno retorno. Sendo assim, a partir da fotografia do céu que cria o Risco do Bordado esquematizado dentro da Mandala Astrológica, todos os objetos celestes ali contidos - de forma mais objetiva ou de forma mais subjetiva - passam a dar continuidade aos seus movimentos cíclicos e constantes, formando aquilo que denominamos de Os Trânsitos.

São os Trânsitos que também nos darão a oportunidade de passarmos a desenvolver as questões denominadas de As Previsões, questões estas que estarão tendo suas continuidades através os Capítulos seguintes, entre os Capítulos 8 - sobre as Revoluções Solares e Lunares - e o conjunto de Capítulos 11, 12, 13, 14, 15 e 16, que tratam dos Ciclos de Vida realizados através o Trem da Vida (os Nódulos Lunares - o Dragão dos Céus), através os Planetas Urano, Saturno, Quíron, Júpiter e Netuno e Plutão, respectivamente. Os Ciclos de Vida acontecem a partir da cristalização do Risco do Bordado e dos subseqüentes andamentos e Retornos destes Arquétipos que possuem Ciclos mais Lentos e Enfáticos, e que se inserem ao longo de nossos Quatro Atos de Vida.

No Capítulo 8, o Amigo das Estrelas encontrará as tão faladas Revoluções - Solares e Lunares. As Revoluções Solares vão trazer de forma mais detalhada os Temas sobre os Retornos do Sol e da Lua - o primeiro, a cada ano retornando ao seu grau original formador de seu Risco do Bordado; o segundo, a cada mês retornando ao seu grau original natal. São formados, então, mapas orientadores para estes períodos.

Portanto, a partir do Capítulo 8, o Amigo das Estrelas encontrará o desenvolvimento dos mapas coadjuvantes, ou seja, as demais questões que podem vir a serem extraídas a partir do mapa astral original bem como um imenso cabedal de aprofundamento dos conhecimentos que podem ser extraídos da ciência subjetiva das estrelas, a Astrologia.

O Capítulo 9 explora o Tema sobre a Inter-ação entre Terra/Homem e Lua e Sol - tema este que continuará a ser abordado nos Capítulos 10 e 11, sobre o Dragão do Céu, em sua Cabeça e em sua Cauda, os Nódulos Lunares (que eu denomino de O Trem da Vida) e, em continuidade, os Ciclos relacionados a este Tema. Os Capítulos 10 e 11, principalmente este último, estarão revelando os conceitos dos Nódulos Lunares dentro da Astronomia e nos elucidarão sobre estas questões da Mecânica Celeste entremeadas à Astrologia.

No Capítulo 9. o Amigo das Estrelas encontrará o Tema Inter-ação entre Terra/Homem e Lua e Sol através explicações sobre as Fases da Lua e suas meditações, bem como conceituação acerca os 8 Tipos de Personalidades revelados através a determinada Fase da Lua que aparece no Risco do Bordado do Caminhante. As Ninhadas da Alma apresentam as Quatro Principais Fazes da Lua que fazem parte do contexto de tempo próximo ao tecimento do Risco do Bordado em si - antes e depois - e aprofundam nosso auto-conhecimento no sentido de muitas questões de intenções de realização da Alma, para esta encarnação. Neste Capítulo também estarão acontecendo as explicações mais detalhadas acerca as Partes da Fortuna e do Espírito bem como o Ponto da Iluminação - temas alcançados através a inter-ação entre Ascendente e Lua e Sol do Caminhante; e o Capítulo 9 finaliza com os comentários sobre os Eclipses Solares e Lunares.

O Capítulo 10 traz a continuidade do Tema Inter-ação entre Terra/Homem e Lua e Sol, ao nos apresentar o Trem da Vida, denominação que eu dou ao Dragão dos Céus, com sua Cabeça e com sua Cauda (também conhecido por Nódulos Lunares Norte e Sul) Temas de fundamental importância dentro da Astrologia da Alma porque nos inserem diretamente dentro de nossas questões fundamentais de vida: de onde viemos, quem somos e para onde vamos? Eu diria que estas questões são consideradas a pedra fundamental onde se estrutura a Astrologia da Alma e do Auto-Conhecimento.

Os Ciclos da Vida - os chamados Retornos - do Trem da Vida e dos Planetas mais Lentos vão redesenhando nossa vida dentro dos Quatro Atos da Vida, sem dúvida alguma, e estarão sendo comentados entre os Capítulos 11 e 16, como segue:

O Capítulo 11 vem apresentar a complementação do Tema As Inter-ações entre Terra/Homem e Lua e Sol através Os Ciclos do Trem da Vida - com seus Retornos a cada 17/18 anos.

O Capítulo 12 nos apresenta Urano, o Despertador da consciência mais elevada e do redesenhamento de nossa vida a partir seus cortes guilhotinais, e seus Ciclos de sete anos e seu Retorno aos nossos 84 anos de idade. Também dentro do Capítulo 11, o Amigo das Estrelas estará encontrando os conceitos sobre o Tempo de Revirão de Vida - denominação minha para a Oposição de Urano em trânsito ao Urano natal.

O Capítulo 13 nos apresenta Saturno, Senhor do Karma, do Tempo e do Umbral, e seus Ciclos e seus Retornos a cada 29 anos de nossa vida.

O Capítulo 14 nos apresenta Quíron, Curador Ferido e Mestre dos mestres, com Ciclos bem diferenciados de acordo com o signo onde mora e trazendo seu Primeiro Retorno aos nossos 50 anos de idade, tempo de proficiência de vida.

O Capítulo 15 nos apresenta Júpiter, Deus dos Deuses e dos Homens, Benfeitor e Justiceiro, em seus Ciclos de doze anos.

Finalmente, o Capítulo 16 nos apresenta Netuno, a Transcendência, e Plutão, a Metamorfose e a Regeneração, ao longo dos seus Ciclos possíveis dentro de uma mesma vida - podendo Netuno e Plutão atuarem até o Aspecto de Oposição (dependendo do Signo natal onde Plutão morar, certamente). Porém, dentro dos Ciclos de Netuno e Plutão, suas Quadraturas acontecidas durante a década dos anos quarenta são de importância fundamental dentro do Tempo de Revirão da Vida, a Oposição de Urano em trânsito ao Urano natal.

Como tudo na Criação está sempre em eterna mutação, o Capítulo 17 vem apresentar o Tema do Mapa natal original, o Risco do Bordado, em Progressão, sempre redesenhando a grande peça teatral de nossas vidas, em seu texto, em seus cenários, em seus atores e atrizes... No entanto, a mutação que vamos ver acontecendo sob A Progressão não acontece assim como os Trânsitos e Retornos acontecem - como vimos nos Capítulos anteriores e mais recentes -, e sim dentro de um ponto de vista mais subjetiva que nos apresenta o mapa em Progressão de um ano contado a partir de um dia de vida do Caminhante.

O Capítulo 18 apresentará a Sinastria e o Mapa Composto - a compreensão mais aprofundada acerca os inter-relacionamentos entre os seres. A esta altura dos estudos, o Amigo das Estrelas já terá em mãos todas as ferramentas necessárias para bem poder analisar seu próprio Risco do Bordado junto ao do seu Outro (sempre com a devida permissão do mesmo, certamente).

Nos Capítulos quase finalizantes da obra Seu Livro de Vida, o Amigo das Estrelas encontrará Temas que aprofundam sua visão acerca a Astrologia através as Estrelas e Constelações (Fixas) Protetoras e os Símbolos Sabianos. Estes serão os Capítulos 19 e 20 e estarão revelando os 360 graus da Mandala Astrológica através seus Mitos e Símbolos apreendidos e vivenciados através as luzes piscantes do céu noturno e suas Verdades Universais.

Em Estrelas e Constelações (Fixas) Protetoras, eu trago ao Amigo das Estrelas um verdadeiro apanhado de informações em astrologia e em astronomia, colhidas em vários alfarrábios, em traduções livres e sínteses minhas, bem como o acompanhamento de seus mitos. Em Os Símbolos Sabianos, eu faço uma releitura sobre os mesmos, em seus 360 graus, interpretados primordialmente por Marc Jones e por Dane Rudhyar. Eu diria que os Capítulos 19 e 20 são jóias raras.

O Capítulo 21 , apresenta uma coletânea, verdadeira síntese, digamos assim, de todos os Temas que vieram sendo estudados ao longo da obra Seu Livro de Vida e apresenta um aprofundamento dos conceitos acerca a Astrologia da Alma e do Auto-Conhecimento seguidos do Tema realizado neste Capítulo Final, ou seja, A Arqueologia da Alma, o mergulho do Amigo das Estrelas nas profundezas da Alma de forma a expandir sua mente e a bem elaborar o auto-conhecimento e suas conseqüentes atuações no cumprimento de suas missões terrenas - dizer a que veio, enfim.

O Capítulo 22, A Estrela de Belém, foi extraído de um livro meu, O Herói Azul, e foi inserido por ser um Tema que faz a fusão entre a boa espiritualidade, a astronomia e a astrologia e que expressa meu pensamento acerca este assunto sempre tão debatido e discutido porém nem sempre encontrando uma solução mais definitiva! Portanto, este meu Capítulo sobre A Estrela de Belém é minha contribuição para esta questão e penso que traz uma conclusão de chave-de-ouro para a obra de Seu Livro de Vida! Ao final deste Capítulo, também o Amigo das Estrelas poderá encontrar a Descrição, em detalhes, sobre todos os assuntos a serem abordados através os 22 Temas/Capítulos/Volumes de Seu Livro de Vida.

Com um abraço estrelado,
Janine Milward